Sexta, 23 de Outubro de 2020 08:37
112825-4686 Whatsapp
Anúncio
Esportes DIA DO ATLETISMO

Fôlego para além da Segurança Pública: no Dia do Atletismo, conheça os policiais que são esportistas

Conciliando a carreira policial com o esporte e até, por vezes, representando a Instituição em campeonatos, integrantes da SSP demonstram suas várias aptidões

09/10/2020 08h02 Atualizada há 2 semanas
73
Por: Redação Fonte: SSP SP
Foto: Polícia Militar
Foto: Polícia Militar

 

Por Nathalia Pagliarini

 

Nesta sexta-feira (9), comemora-se o Dia do Atletismo, data em homenagem à prática esportiva que atualmente é destaque de olímpiadas, paralimpíadas e campeonatos nacionais e mundiais, exaltando movimentos naturais do ser humano desde o início da sua existência. E a Segurança Pública do Estado de São Paulo não poderia ficar por fora desta celebração. Os policiais que atuam no território paulista são, antes de tudo, grandes atletas no combate ao crime, sendo que alguns se destacam por conciliar a carreira com os mais variados esportes.

 

Um bom exemplo é a agente de telecomunicação, da Polícia Civil, Simone Camargo Rocha, integrante da 5ª Delegacia Seccional de Polícia do Departamento de Polícia Judiciária da Capital (Decap) - nascida e residente em São Paulo.

 

Na Instituição desde 2001, Simone, que tem deficiência visual, se interessou pela carreira por meio de um colega que tinha a mesma profissão. Com isso, ela participou do concurso público e foi aprovada. Desde então ela compõe os mais de 110 mil policiais do território paulista e ressalta a importância do companheirismo dos colegas de trabalho. "Conheci pessoas aqui [na Polícia Civil] que sempre me auxiliaram para que eu desempenhasse minhas atividades com autonomia".

 

O primeiro contato da agente com o atletismo aconteceu em 1994, quando começou a participar de competições regionais até chegar à Seleção Brasileira. Em mais de 25 anos como atleta, Simone já participou dos Jogos Paralímpicos de 2004, em Atenas, em que conquistou a 5ª colocação na prova de velocidade (corrida) de 200 metros. Na mesma modalidade também conquistou medalha de ouro (200 metros) e de prata (100 metros) nos Jogos Parapan-Americanos, em 2003.

 

O Goalball é outra modalidade explorada pela policial civil, que o pratica até os dias atuais. Competindo neste esporte, Simone participou dos Jogos Paralímpicos de Pequim (2008) e no Rio de Janeiro (2016), nos quais alcançou a 6ª e 4ª colocação, respectivamente. Foi nesta modalidade, inclusive, que a agente foi vice-campeã mundial em Quebec, no Canadá, em 2003; bem como foi bicampeã parapan-americana, em Toronto (2015) e Lima (2019), no Canadá e Peru, respectivamente. Ao todo, a policial possuí 11 títulos brasileiros nesta modalidade.

 

Sobre a jornada dupla, Simone destaca que consegue conciliar bem a vida de policial e atleta. "Treino em horários fora do trabalho e, em datas de competição, sou liberada para representar o país", explicou. "Quando você está feliz, todas as outras funções são melhores executadas, além disto, o esporte contribuí com minha saúde, auxiliando minha carreira policial", completou.

 

Polícia Militar

 

O atletismo também faz parte da vida do soldado Leandro Prates Oliveira, que atua na reserva de armas da Escola de Educação Física da Polícia Militar. Ser PM era um sonho de criança de Oliveira, que conseguiu concretizar a conquista em 2008, após um período difícil no esporte, já que ele já era atleta nesta época.

 

Nascido em Vitória da Conquista, na Bahia, atualmente o soldado vive na cidade de Atibaia, na região metropolitana de São Paulo. Seu primeiro contato com o atletismo foi no ensino médio ao participar de uma corrida de rua. Lá, ele conheceu outros atletas que o incentivaram a continuar treinado. Após um ano de treino, Oliveira já estava entre os melhores do seu Estado e foi convidado a se mudar para São Paulo para se profissionalizar.

 

Em 20 anos como atleta, boa parte como corredor de provas de pista, o policial militar já participou de 300 competições, em 15 países, além de ter sido convocado 25 vezes para a Seleção Brasileira, Circuito Europeu, corridas de ruas e provas pela Seleção Militar e Universitária. Como resultado, o soldado alcançou mais de 100 títulos entre competições de nível nacional e internacional. Como destaque, ele foi campeão Pan-Americano e Sul-Americano, no México e Argentina, respectivamente, ambos em 2011; campeão do Grande Prêmio Internacional, na Argélia; bicampeão Ibero-Americano na Espanha e Venezuela, nos anos de 2010 e 2012; bicampeão brasileiro em 2010 e 2011; e pentacampeão Sul-Amerciano de milha de rua.

 

Assim como Simone, Oliveira aproveita o tempo livre para se manter em forma como atleta. Além disto, trabalhar na Escola de Educação Física da PM o auxilia com os exercícios. "Aqui todo efetivo tem um horário determinado para a prática de atividade física. Temos uma estrutura, como academia e pista de atletismo, que facilita na hora de treinar", explicou.

 

Sobre os benefícios do esporte em sua carreira policial, o soldado destaca a qualidade da saúde e do psicológico. "O profissional em forma está sempre preparado para o desempenho da atividade policial. Somado a isso, o esporte também auxilia a combater o estresse da profissão."

 

Clique Aqui ara saber mais sobre o representante da Polícia Técnico-Científica.

São Paulo - SP
Atualizado às 08h34 - Fonte: Climatempo
19°
Nuvens esparsas

Mín. 15° Máx. 29°

19° Sensação
13 km/h Vento
68% Umidade do ar
67% (30mm) Chance de chuva
Amanhã (24/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 27°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (25/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 25°

Sol com muitas nuvens e chuva
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias